Trabalhar como voluntária da Apam é: “Enriquecedor. O voluntariado é uma troca de conhecimento”

 


Voluntária desde 2014, Raquel Cantante acredita que doar parte do seu tempo e conhecimento para a APAM é enriquecedor. Ela começou como estagiária quando ainda cursava Serviço Social. “Estágiei com a Gabriela e depois com a Erica fazendo entrevistas com as usuárias, atualizando documentos, fazendo relatórios e visitas institucionais e domiciliares”, relembra.

Ao término do estágio se tornou voluntária. Casada e mãe de uma filha de 22 anos, Raquel, que é Pós graduada em Gestão Estratégica de Pessoas e Talentos, encontra um tempo em sua agenda para colaborar com as mulheres atendidas pela APAM. Ela conduz palestras e cursos sobre Inclusão Digital,  tema tão importante para as mulheres se atualizarem para enfrentar este mundo em constante transformação e assim ter mais oportunidades, inclusive de empregabilidade.

Ela conta que já conheceu muitas histórias marcantes das mulheres atendidas pela Apam. “Todas as histórias me marcaram bastante, mas me lembro bem de uma família de idosos. Uma idosa cuidava da mãe e do irmão acamado”, relembra.

Para Raquel trabalhar como voluntária da Apam é: Enriquecedor. O voluntariado é uma troca de conhecimento.

Entrevista feita pela Luciana Alves 

Jornalista e Voluntária da APAM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trabalhar como voluntária da Apam é: “Enriquecedor. O voluntariado é uma troca de conhecimento”

  Voluntária desde 2014, Raquel Cantante acredita que doar parte do seu tempo e conhecimento para a APAM é enriquecedor. Ela começou como ...