Voluntários fazem a diferença na APAM

 

O voluntariado é um dos pilares responsáveis para manter as atividades da APAM

 

A Organização das Nações Unidas define voluntário como aquele que “jovem, adulto ou idoso, devido a seu interesse pessoal e seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração, a diversas formas de atividades de bem-estar social ou outros campos.”. No Brasil, 4,4% da população realiza trabalho voluntário segundo pesquisa do IBGE do ano de 2018. Nessa porcentagem, destacam-se as mulheres, que são as principais dedicadas ao trabalho voluntário no país.

Desde quando foi fundada em 1953, a APAM conta com a ajuda de voluntários para manter seu trabalho de amparo a mulheres em situação de vulnerabilidade social, o que caracteriza o voluntariado como um dos pilares responsáveis em manter as atividades aqui realizadas. Atualmente, a associação conta com mais de 30 voluntários e voluntárias que, dispondo de diferentes habilidades, desempenham papéis diversos nas atividades oferecidas pela APAM, como palestrantes, oficineiras, comunicadoras, fotógrafas e muitas outras.

Hoje, 28 de agosto, quando celebramos o Dia do Voluntariado, queremos agradecer todos aqueles que, ao longo destes 67 anos de associação, ofereceram e oferecem seu trabalho e dedicação para que as mulheres em vulnerabilidade social possam conquistar sua autonomia e participação na sociedade, respeitando a diversidade e caminhando para uma vida com mais igualdade. A nossa homenagem é direcionada a todos que se doam e acreditam na construção de um mundo melhor através da dedicação ao próximo!

Você também pode fazer sua parte clicando aqui para se voluntariar: https://apamsp.org.br/copia-contato-1, ou aqui para doar https://apamsp.org.br/doe-agora .

(Texto Mariana Alves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um crime invisível que precisa ser combatido

    “O tráfico humano é isso, um crime invisível que produz uma carga de sofrimento tão grande e que, no entanto, pouco se consegue fazer pa...